Sábado, 25 de Junho de 2022
Notícias Valorização

Vinicius Louro parabeniza agentes comunitários de saúde e profissionais de enfermagem pela aprovação do piso salarial nacional

Vinicius Louro parabeniza agentes comunitários de saúde e profissionais de enfermagem pela aprovação do piso salarial nacional

06/05/2022 às 10h46 Atualizada em 06/05/2022 às 10h51
Por: Redação Fonte: Assessoria de comunicação do parlamentar
Compartilhe:
Foto: assessoria de comunicação do parlamentar
Foto: assessoria de comunicação do parlamentar

O deputado estadual Vinicius Louro (PL), em discurso na tribuna da Assembleia Legislativa do Maranhão, destacou a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 9/2020, que trata da política remuneratória e da valorização dos profissionais que exercem atividades de agente comunitário de saúde e de agente de combate às endemias. 

Segundo o parlamentar, várias delegações do Maranhão estavam presentes no Congresso Nacional, em Brasília, lutando pelo benefício. “Fiquei muito feliz. Todos os anos, nosso gabinete colaborava para que os agentes comunitários de saúde estivessem lá com toda a comitiva cobrando dos deputados federais e dos senadores os seus direitos. Agora, tivemos o avanço, com o aumento aprovado do piso salarial da categoria”, disse Louro.

O deputado Vinicius Louro repercutiu, ainda, a aprovação do Projeto de Lei 2564/20, que institui o piso salarial de enfermeiros, técnicos de enfermagem e parteiras. 

“Essa valorização dará um novo gás a essas pessoas. Sem dúvida, os profissionais estarão mais engajados para trabalharem pela saúde do nosso povo, principalmente das pessoas carentes, parabéns a todos os profissionais de enfermagem por essa grande conquista e a todos os agentes comunitários de saúde, essa vitória também é nossa”, ressaltou o parlamentar.

HOSPITAL DR.WALBER RODIGUES DA CRUZ

PUBLICIDADE

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias