Sábado, 25 de Junho de 2022
Maranhão PRISÃO

Preso empresário que assassinou a esposa em Dom Pedro

Preso empresário que assassinou a esposa em Dom Pedro

03/05/2022 às 09h23 Atualizada em 03/05/2022 às 09h28
Por: Redação
Compartilhe:
Foto: reprodução
Foto: reprodução

A polícia prendeu, na noite desta segunda-feira, 02, o empresário Rony Veras Nogueira, de 41 anos, que, na noite de sábado, 30, assassinou a tiros, em Dom Pedro, a esposa lanca Amaral, de 26 anos.

Proprietário de um posto de combustíveis e de uma churrascaria, Rony Veras cometeu o feminicídio dentro da residência do casal, naquela município, e depois se evadiu.

Ele foi preso próximo à cidade de Vargem Grande pela equipe da Delegacia Regional de Itapecuru-Mirim, num trabalho integrado com a SPCI, Inteligências da Secretaria da Segurança, Polícia Civil e Polícia Militar.

O empresário Rony Veras já estava com a prisão preventiva decretada pela juíza plantonista de Presidente Dutra, Cinara Eliza, a pedido do delegado de Presidente Dutra.

Com informações de O Informante

Mais 

 

Atualizado às 23h00min...

 



O empresário Rony Veras foi preso em uma fazenda localizada no povoado Pedra Grande, município de Vargem Grande.

 


As equipes das polícias Civil, Militar e Serviço de Inteligência, se deslocaram até o povoado por voltas das 21h da noite desta segunda-feira (02), quando conseguiram interceptar a caminhonete em que o acusado estava; o mesmo se encontrava na companhia de três pessoas, entre eles, o seu advogado.

Rony recebeu voz de prisão e será encaminhado ainda hoje para São Luís, onde ficará a disposição da justiça.

A operação de captura do homem que tirou a vida da esposa, Ianca Amaral, foi comandada pelo Delegado Samuel Morita e Saul Laurentino.

Com informações: Blog Marco Junior

AGENDA DO HOSPITAL DR.WALBER RODIGUES DA CRUZ

PUBLICIDADE

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias